Domingo, 20 de Abril de 2008

Carta de Matilde Rosa Araújo

Maria José, Boa Amiga

 

Venho escrever-lhe tão tarde!

Perdoe – para lhe dizer quanto compreendo o seu desgosto ao defender o não loteamento da Quinta do Bispo com tanta paixão.

 

Quando tive a felicidade de estar em Elvas, como professora da escola técnica, para além de todo o bem que aí encontrei na escola, na cidade, na paisagem tive, também, a alegria de a conhecer e a seu marido cuja amizade não posso esquecer. Com saudade!

 

A Maria José com gentileza e carinho, e orgulho na sua terra, levou-me a conhecer a Quinta com todo o seu encanto paisagístico e cultural.

Temos tão poucos redutos da memória do nosso povo, dos nossos poetas e artistas, que não podemos deixar perder um lugar como a Quinta do Bispo que apresenta no seu historial tantas razões para ser salvaguardada.

 Penso que tudo se poderá rever neste desencontro de vontades como a paz daqueles que buscam com amor, a solução para causas justas. E tudo conciliar.

E confio, Maria José, vejo, de longe do tempo, a doce Senhora que me recebeu com tanta ternura, a envolvência dos livros, das árvores, do plátano irmão daqueles que ali se albergaram há tanto.

 

Elvas, merece ter, preservar este canto de grande memória cultural que já tantas terras perderam.

 

Abraço-a Maria José, com ternura e admiração.

Espero que a sua luta, sem armas, lhe entregue as flores que merece a sua Elvas, que tanto tem defendido com amor e isenção.

 

Um beijinho muito amigo da

Matilde

sinto-me:
música: carta nº5 - Matilde Rosa Araújo
publicado por Maria José Rijo às 19:44
| comentar
1 comentário:
De Xavier Martins a 20 de Abril de 2008 às 20:04
Uma carta excelente de uma escritora tão conhecida.
Vejo que tem tido aqui cartas importantes, mais uma
delas.
Aqui aguardo mais actualizações,com imensa
admiração por V. Exª.

Xavier MArtins

Comentar post

.Quem sou

.pesquisar

 

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Agora diz-se

. Aniversário do Coral Públ...

. Um testemunho

. Conservação e Restauro do...

. As lembranças do Forte da...

. PROGRAMA-Cultura/Turismo ...

. PROGRAMA -Cultura/Turismo...

. PROGRAMA -Cultura/Turismo...

. PROGRAMA -Cultura/Turismo...

. PROGRAMA -Cultura/Turismo...

. PROGRAMA -Cultura/Turismo...

. PROGRAMA -Cultura/Turismo...

. PROGRAMA -Cultura/Turismo...

. PROGRAMA -Cultura/Turismo...

. PROGRAMA -Cultura/Turismo...

. PROGRAMA -Cultura/Turismo...

.Ficou Escrito...

. Junho 2017

. Maio 2016

. Março 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Julho 2010

. Junho 2010

. Abril 2009

. Março 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

.tags

. todas as tags

.favoritos

. Dia de Anos

. Então como é ?!

. Em nome de quem se cala.....

. Amarga Lucidez

. Com água no bico

. Elvas com alguma rima e ....

. 28 de Fevereiro...

. Obras do Cadete

. REGRESSO

. Feição de nobreza

.Por onde me levo

.Contador - Julho-2007

.Ficou Escrito:

Câmara de 1986 - 1989 @@@@@@@@@@@@@@
@@@@@@@@@@@@@@

.Excertos de artigos

Considero que é urgente e necessário provar aos nossos jovens que o dinheiro não compra consciências e é de nossa obrigação dar-lhes alternativas à droga e ao vício, mostrando-lhes que se pode lutar por ideais - dessinteressadamente - e que, só assim procedendo teremos moral para apontar caminhos e fazer exigências - do que dermos exemplo... - Maria José Rijo @@@@@@@@@@ Os elvenses de agora são dessa mesma grata e honrada gente - que a qualidade de assim o ser é deles a melhor herança. ... - Maria José Rijo
blogs SAPO